Buscar
  • Rafael Zattar

CARTEIRA Z: VERSA FIT TÁ AÍ E O BICHO VAI PEGAR!


Hoje, dia 06 de março de 2018, chega a prateleira da Órama o fundo VERSA FIT, que captará 300 milhões e trabalhará de forma semelhante ao VERSA LONG BIASED.

O VERSA FIT terá a mesma carteira do LONG BIASED, porém em menor proporção. As posições serão metade do tamanho das posições do original e a liquidez é em D+10, com aportes iniciais a partir de 500 reais.

O fundo BIASED destaca-se com suas posições LONG and SHORT direcionais, mantendo posições compradas e vendidas e o resultado sendo proveniente, preponderantemente, da diferença entre essas posições. Os recursos remanescentes em caixa do VERSA FIT serão investidos em cotas de Fundos de Renda Fixa.

A gestora é a GTI ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS LTDA, que foi constituída em 29 de junho de 2007 com a proposta de administrar fundos e carteiras administradas com foco em renda variável, objetivando retornos consistentes no longo prazo.


Mas quais são os riscos inerentes ao Fundo?


  1. A própria Bolsa: risco de variação dos preços dos ativos devido a mudança nos valores das ações;

  2. Concentração: Risco de perda substancial devido a elevada concentração de ativo (s) de um mesmo emissor na carteira;

  3. Bolsa- Small Cap: Risco de variação dos preços das ações devido a mudança no preço de ações de empresas com baixa capitalização;

  4. Bolsa- Long and Short Neutro: Risco inerente a variação dos preços das ações está neutralizado, porém estão exposto a variação da taxa de juros; e

  5. Alavancagem: Risco da perda ocasionada pela alavancagem financeira.


Ressaltamos sempre que há de ser levado em consideração o perfil do investidor para fundos com exposição em renda variável.


Pasmem: há pessoas que viram seus investimentos renderem no Versa LONG BIASED mais de 30% somente em janeiro, e na primeira quinzena de fevereiro, com uma rentabilidade temporariamente negativa de 5%, ficaram desesperados.


Esse é tipo de perfil psicológico que não se adequa ao perfil de investidor de renda variável.


Um dos fundos indicados pela CARTEIRA Z HARD desde o ano passado foi o próprio fundo VERSA LONG BIASED que somente nos dois primeiros meses desse ano rendeu mais de 40%.


Em fevereiro a nossa Carteira Z HARD rendeu 2.94% contra 0.68% do Ibovespa e no ano acumulamos alta de 16.11% contra 11.81%. Uma Superioridade de quase 50%.

A carteira Z LIGHT, composta por 3 fundos, sendo a mais conservadora, tem a média no ano de 122% do CDI; a Carteira Z PLUS, admitindo leves exposições e com a alocação de 4 fundos, alcança a média de 131% do CDI no ano; e a Z MEDIUM com 5 fundos, possuindo um pouco mais de volatilidade, 269% do CDI.


Se você quiser acompanhar os Relatórios Carteiras Z e suas atualizações, além de análise de indicadores e entrevistas com gestores, acesse o link:


LINK DO PLANO ANUAL CARTEIRA Z: http://mon.net.br/1nnos

PLANO MENSAL http://mon.net.br/1nnov


Ou adquira o pacote DICA DE HOJE pelo preço antigo e tenha a CARTEIRA Z gratuitamente:


MEMBRO GOLD ANUAL http://mon.net.br/1kffg

MEMBRO GOLD MENSAL http://mon.net.br/1kfff



Abraços e bons Investimentos,

Rafael Zattar




0 visualização